Exercício Físico e Menopausa.

A atividade física alivia os sintomas e previne problemas de saúde comuns no climatério. Conheça bons exercícios para realizar nesse período

Entre os 45 e 50 anos, em média, o corpo feminino vivencia a queda de dois hormônios da menopausa: o estrogênio, que regula as menstruações, promove a fixação do cálcio nos ossos e ainda está por trás das características do corpo da mulher, e a progesterona, que é quem preparava o terreno para a gravidez.

A baixa produção do estrogênio diminui a proteção cardiovascular, e a mulher fica mais suscetível a ter hipertensão arterial e outras patologias cardiovasculares, como Infarto, AVC e arteriosclerose. Também surgem as doenças ósseas como Osteoporose e Artrose além de provocar alguns efeitos colaterais, como redução do metabolismo, calores e oscilação do humor.

Como lidar com isso?

Ora, praticando atividade física. A recomendação é realizar pelo menos 30 minutos de exercícios aeróbicos por dia. “O treinamento físico controla a pressão arterial, promove mais massa óssea o que vai ser benéfico para controlar a osteopenia e a osteoporose ”, diz o personal trainer e líder no Santè, Professor Rodrigo Daumerie.

Estudos revelam que as atividades física melhoram a flexibilidade e as condições cardiovasculares e controlam os calores típicos da menopausa. Levando em conta que muitas mulheres não podem ou não querem realizar terapia hormonal como saída para controlar os sintomas da menopausa, o exercício físico é excelente para aliviar a pressão dos desconfortos.

O treinamento físico controla a pressão arterial, promove mais massa óssea o que vai ser benéfico para controlar a osteopenia e a osteoporose


Professor Rodrigo Daumerie

A prática frequente de exercícios físicos minimiza o envelhecimento arterial, diminui o risco de hipertensão, melhora o colesterol e diminui o tecido adiposo (gordura). Estudos mostram que colocar o corpo em movimento reduz em até 50% o risco de desordens mentais, como o mal de Alzheimer.

Acredita-se que o ideal seja a associação de exercícios resistidos (musculação) com exercícios de impacto para obter o benefício. Por isso, aposte duas vezes por semana na musculação e outros tipos de treinamento que estimulem a força dos músculos. Entre musculação e aeróbios, não se esqueça dos exercícios de flexibilidade e equilíbrio.