Resistência anaeróbia e aeróbia: saiba quais são as principais diferenças

Conheça as características das resistências anaeróbia e aeróbia e descubra os melhores exercícios para desenvolvê-las.

Muitas pessoas ainda possuem dúvidas quando o assunto é resistência anaeróbia e aeróbia. Os termos são semelhantes, porém os objetivos são diferentes e peculiares. Basicamente, a primeira é desenvolvida por meio de exercícios de alta intensidade realizados em um curto período de tempo. Já a segunda, ocorre a partir de atividades que possuem um nível de dificuldade mais leve e são praticadas durante um longo intervalo de duração.

Seja como for, o segredo para desenvolver ambas as resistências está em praticar as atividades físicas corretas e que estejam de acordo com as suas necessidades. Para isso é preciso conhecer, em primeiro lugar, as diferenças entre elas, como atuam e os seus principais benefícios.

Continue a leitura e tire todas as suas dúvidas sobre o tema!

Descubra também: Dicas para recuperar a massa muscular

Conheça as principais diferentes entre a resistência anaeróbia e aeróbia.

Resistência Anaeróbia

O que é resistência anaeróbia?

A resistência anaeróbia é a capacidade que um indivíduo possui de suportar exercícios de alta intensidade, utilizando uma quantidade reduzida de oxigênio, durante um breve período de tempo. Neste caso, essa resistência se torna possível porque o corpo não produz uma nova energia para realizar a atividade, mas, sim, usa o estoque que já existe no organismo.

Os exercícios que trabalham a resistência anaeróbia são intensos e, por isso, não devem ultrapassar a duração máxima de três minutos. As atividades com o objetivo de desenvolver esse tipo de resistência tem como objetivo exercitar um número determinado de músculos, o que resulta na produção de ácido lático, responsável por utilizar a glicose como fonte de energia durante a ausência de oxigênio.

Tipos de resistência anaeróbia:

Lática: utiliza movimentos intensos com no máximo meio segundo de duração. Durante a atividade, o organismo libera uma quantidade excessiva de ácido lático no sangue. Esta grande quantidade de liberação pode ocasionar dores musculares. Por isso, é indicado sempre realizar pausas ou exercícios de menor intensidade após este tipo de atividade. 

Alática: ela é o oposto da anterior e se caracteriza pela ausência do ácido lático. Isso porque a duração do exercício não ultrapassa o tempo de 20 segundos e não oferece período hábil para a produção do ácido.

Agora que você já conhece o conceito de resistência anaeróbia e como ela é desenvolvida, vamos entender de que forma ela pode ser útil e benéfica para a saúde do seu corpo! 

Quais são os principais benefícios?

Muitas são as vantagens da resistência anaeróbia para o organismo, principalmente, para aqueles que já possuem o hábito de realizar atividades físicas, como exemplo, os atletas. O desenvolvimento deste tipo de resistência melhora o nível de desempenho em atividades intensas, que possuem longo tempo de duração. A atividade é muito indicada para pessoas que praticam corridas, pois ela ajuda a manter a velocidade e o movimento constantes.

Além disso, os indivíduos que possuem um nível maior de resistência anaeróbia conseguem se recuperar de atividades que demandam um esforço maior, de forma mais rápida, comparados àqueles que não a desenvolvem. Mas, engana-se quem acredita que a resistência anaeróbia é eficaz apenas para pessoas que já realizam a prática regular de exercícios. As atividades que trabalham esta resistência proporcionam também outros tipos de benefícios. Confira:

  • Previne doenças cardiovasculares e diabetes
  • Aumenta o nível de massa corporal e resistência óssea;
  • Acelera o metabolismo;
  • Melhora a capacidade psicológica.

Além dos tópicos citados acima, os exercícios que trabalham a resistência muscular também ajudam a diminuir a perda de massa magra, comum durante o processo natural de envelhecimento. Sendo assim, a partir da prática de fortalecimento dos músculos, a perda de gordura também se torna mais eficaz.

Você pode querer saber também sobre: O que é HIIT? Entende como ele pode te ajudar a queimar gorduras e os seus benefícios.

Os melhores exercícios anaeróbicos para o seu dia a dia

Salto na caixa

Um dos exercícios mais indicados para o fortalecimento e potência muscular é o “Salto na caixa”, conhecido também como Box Jump. A atividade aumenta o condicionamento físico, ajuda a queimar calorias e contribui para o sistema cardiorrespiratório.

Além disso, a modalidade anaeróbica ajuda melhorar a densidade óssea, a prevenir o desenvolvimento de doenças, como osteoporose, e ainda contribui para o desempenho do Sistema Nervoso Central (SNC), responsável por comandar todas as atividades do corpo.

As ações realizadas sobre a caixa são considerados de alta intensidade e, por isso, trabalham principalmente a potência muscular das pernas, desenvolvendo assim o equilíbrio e contribuindo também para um melhor desempenho em outros tipos de tarefas.

Burpee

Para aqueles que buscam trabalhar de forma intensa e única toda a musculatura do corpo, o Burpee é um dos exercícios anaeróbicos indicados. Os movimentos se resumem na sequência composta por agachamento, flexão e salto.

A atividade ajuda a desenvolver a habilidade de realizar tarefas do cotidiano de forma mais rápida, outro benefício está relacionado ao aumento da força muscular. A capacidade cardíaca também é aproveitada com a prática do exercício e, assim como o salto na caixa, o Burpee colabora para a perda de calorias, pois a modalidade ajuda a acelerar o metabolismo.

Swing Kettlebell

O Swing, traduzido por “balanço”, é realizado por meio do Kettlebell, peso com alça comum nos estúdios de treinamento funcional. O exercício com o instrumento busca trabalhar as regiões do quadril, coluna vertebral, glúteos e coxas, além de agir no fortalecimento do core. O treino ajuda a melhorar o desempenho em atividades diárias, como também a performance de atletas, desde aqueles que realizam corridas de longa distância a praticantes de artes marciais.

De forma semelhante a todos os exercícios anaeróbicos citados neste artigo, o Swing deve ser realizado sempre com acompanhamento de um Profissional de Educação Física, a fim de respeitar o número indicado de sequências do exercício, a condição física do aluno e o peso mais adequado para cada pessoa.

Flexão de braços

A flexão de braços também está entre um dos exercícios anaeróbicos considerados mais intensos. Os movimentos são realizados apenas com a força do corpo e ajuda a definir braços, ombros e peitoral. O nível de energia gasto durante a atividade é considerado alto, por ser capaz de trabalhar diferentes regiões musculares simultaneamente.

O treinamento ajuda a fortalecer o core, responsável por manter a estabilidade do abdômen e a sustentação da coluna. Vale destacar também que os exercícios de flexão de braços promovem um grande gasto energético e ajuda a diminuir dores nas articulações.

Exercício de flexão dos braços para aumentar a resistência anaeróbica.

Agachamento

O agachamento também faz parte da lista de exercícios anaeróbicos e é totalmente eficiente para trabalhar articulações do joelho, quadril e tornozelo. É uma ótima opção para tonificar pernas e modelar os glúteos. O exercício também contribui para ações realizadas fora do ambiente de treino, pois ajuda a padronizar o movimento na hora de executar atividades do dia a dia.

Chegou a hora de falarmos sobre a resistência aeróbica. Siga com a leitura e descubra como ela pode ser desenvolvida!

Resistência aeróbia

O que é a resistência aeróbia?

Agora que você já sabe tudo sobre resistência anaeróbica, os benefícios e as atividades físicas mais indicadas, vale compreender também as principais características da resistência aeróbica. Ela é definida como a capacidade de suportar um determinado nível de esforço durante o maior período de tempo possível.

A pessoa que possui um bom desenvolvimento dessa resistência é capaz de ter uma melhor performance em atividades que são consideradas longas. Sendo assim, o cansaço adquirido durante o período em movimento é considerado menor e o indivíduo é capaz de manter o mesmo ritmo e intensidade ao longo de uma modalidade esportiva.

Por isso, a resistência aeróbia é muito necessária para maratonistas, por exemplo, pois eles necessitam de excelente condicionamento físico durante um período de tempo maior. Esta resistência ocorre por meio do oxigênio presente no organismo, que é utilizado como combustível, sendo transportado para os pulmões e coração. Este “gás” é adquirido pelos órgãos por meio da respiração.

Desta forma, a resistência aeróbica está estreitamente ligada a atividades de intensidade leve à moderada, que possuam um longo intervalo de duração.

Quais são os principais benefícios?

A resistência aeróbia é capaz de promover diversos benefícios para a saúde, como também prevenir o desenvolvimento de diferentes tipos de enfermidades. Isso porque os exercícios são capazes de fortalecer o sistema imunológico. Sendo assim, ela é eficaz contra a formação de doenças como osteoporose e diabetes. No entanto, outros problemas também podem ser evitados. 

Veja algumas das ações desenvolvidas por meio dessa resistência:

– Fortalece o coração e pulmões

– Melhora a densidade óssea

– Auxilia na diminuição do colesterol e triglicerídeos

– Alivia os sintomas da depressão

– Diminui o estresse

Confira os principais exercícios para desenvolver a resistência aeróbica! Conheça no tópico abaixo:

Quais são os exercícios aeróbicos mais indicados?

Corrida

A corrida é dos uns exercícios aeróbicos mais populares. O ato de correr é um ótimo estimulante para o funcionamento saudável do coração e para o sistema respiratório. Além disso, o exercício ajuda a controlar a pressão arterial e, ainda, auxilia no emagrecimento. Doenças também podem ser evitadas por meio da prática da atividade, como o desenvolvimento de diabetes. Ela também contribui para diminuir os riscos de infarto.

Clique e saiba sobre a importância da atividade física no combate à hipertensão.

A corrida ajuda a controlar a pressão arterial e aumentar a resistência aeróbica.

Remo

O remo é outra atividade aeróbica considerada extremamente eficaz e não necessariamente é preciso estar em alto mar para praticar o esporte. Você pode optar pelo uso do equipamento indoor, mais conhecido como “Remo a seco“.

O aparelho é capaz de simular os movimentos que são realizados no barco e pode ser utilizado por pessoas de diferentes faixas etárias. Por meio do exercício físico é possível trabalhar diferentes grupos musculares de forma completa. A atividade aeróbica é capaz de desenvolver resistência, força e flexibilidade no corpo inteiro, principalmente, nos membros superiores e inferiores.

Esqui

Por meio do simulador de esqui é possível treinar diferentes partes do corpo: ombros, braços, pernas e quadril. O aparelho é capaz de trabalhar as habilidades de reflexo, resistência, estabilidade e coordenação motora. A modalidade é considerada parte do treinamento funcional, visto que é uma atividade que busca aperfeiçoar todos os membros de forma integral, utilizando apenas a força do próprio indivíduo.

Polichinelo

O polichinelo é uma atividade aeróbica simples, porém muito eficiente para a saúde do coração e pulmões. Costuma ser mais utilizada com a finalidade de aquecimento, ajudando assim a alongar a musculatura das pernas e braços. O exercício também estimula a coordenação motora e auxilia no fortalecimento cardiovascular.

A perda de calorias também ocorre por meio das sequências de polichinelos, que podem ser realizadas em qualquer ambiente e não necessitam de uso de aparelhos. Mas é importante estar atento ao número de repetições a serem executadas. Sempre é recomendável respeitar os limites do seu corpo. Por isso, é indicado iniciar de forma mais leve e ir aumentando o nível de dificuldade paulatinamente. 

Resistência Anaeróbia  X Aeróbia

Mas, afinal, é necessário realmente investir nesses dois exemplos de força?

Muito além de colaborar para a atuação em diferentes modalidades esportivas e atividades do dia a dia, desenvolvendo-as com mais agilidade, potência, rapidez e disposição, as resistências anaeróbia e aeróbia são essenciais para o condicionamento físico de todas as pessoas, sejam atletas ou não.

Isso ocorre porque elas são capazes de fortalecer a musculatura e aumentar a força do organismo, resultando em mais fôlego para a realização de diferentes tarefas. Vale lembrar que elas também ajudam a prevenir o surgimento de diferentes tipos de doenças.

Portanto, aperfeiçoar as duas resistências é fundamental para manter o seu corpo em equilíbrio, pois ambas desempenham um papel único e importante em cada organismo.

Se você deseja saber quais são os exercícios anaeróbicos e aeróbicos mais indicados para a sua saúde, clique aqui e agende a sua aula experimental gratuita no Estúdio Santé.

Nosso time de profissionais está pronto para atender você de forma exclusiva e personalizada, de acordo com as metas que deseja alcançar!

Aproveite para ler também sobre: